XIX Encontro Internacional Virtual Educa acontece de 4 a 8 de junho, na capital baiana

 

O Terminal Marítimo do Porto de Salvador, um dos espaços que compõem o Porto Salvador Eventos, no Comércio, receberá o XIX Encontro Internacional Virtual Educa, onde diferentes vertentes da educação e do desenvolvimento social serão debatidas nas sessões do Fórum Global.

Um dos principais motivos para a escolha do local, foi a privilegiada vista para a Baía de Todos-os-Santos; a proximidade de três grandes pontos turísticos do estado: Mercado Modelo, Elevador Lacerda e Pelourinho,  junto à facilidade de acesso a Av. da França, reforçaram a decisão.

A proposta do evento, organizado pelo Governo do Estado da Bahia e pela Secretaria Geral da Virtual Educa, é apresentar políticas e práticas no campo da educação e da formação profissional na região da América Latina e Caribe. O lema deste ano será “Educação para Transformar a Sociedade em um Espaço Único Multicultural”.

De acordo com a organização, a programação é dividida em dois eixos. O primeiro será no Instituto Central da Educação Isaías Alves (ICEIA), localizado no Barbalho, como sendo um espaço pedagógico para educadores apresentarem a arte da inovação na educação no mundo, uma oportunidade para que docentes, gestores escolares e especialistas atualizem metodologias, práticas de ensino e troquem experiências em oficinas e conferências com especialistas da América Latina, Caribe e outras regiões.

O segundo eixo, só para convidados, é o Fórum Global sobre Educação e Inovação, voltado para responsáveis de governos e instituições internacionais e será realizado no Terminal Marítimo do Porto de Salvador. Sua proposta é debater a educação no século XXI, em particular a inovação como um eixo estratégico para promover a transformação social, a educação de qualidade e o desenvolvimento sustentável.

As inscrições para o Virtual Educa Bahia 2018 já estão abertas e pode ser realizada no endereço, http://virtualeduca.org/bahia2018/inscripcion/ . O investimento para os profissionais da educação do Brasil será de R$ 50,00. Profissionais de educação das redes municipal, estadual e federal do estado da Bahia poderão se inscrever gratuitamente, devendo para tanto apresentar no ato do credenciamento um comprovante de vínculo.